Butantan rebate hospital norte-americano: ‘ButanVac é brasileira’

Butantan rebate hospital norte-americano: ‘ButanVac é brasileira’

Segundo a instituição, o imunizante é 100% nacional

Na manhã desta sexta-feira, 26, o Instituto Butantan anunciou a criação de uma possível primeira vacina brasileira contra a covid-19, a ButanVac.

A instituição informou, ainda, que pediria à Anvisa o início dos testes clínicos do imunizante.

Em nenhum momento do anúncio, entretanto, o governador João Doria (PSDB) mencionou a parceria do centro de pesquisa brasileiro com o hospital norte-americano Mount Sinai, que, segundo informação divulgada pela Folha de S. Paulo, desenvolveu a vacina.

“Sim, também temos um acordo com o Instituto Butantan para entrar em testes clínicos no Brasil usando nosso vetor de vacina NVD”“Também estamos desenvolvendo vacinas para variantes da covid-19 baseadas nas versões sul-africana e brasileira”

disse o diretor do departamento de microbiologia da instituição norte-americana, Peter Palese.

À noite, o Instituto Butantan rebateu as declarações proferidas por Palese, alegando que a matéria publicada pela Folha de S. Paulo traz à tona uma manifestação não oficial da entidade.

“A instituição não autorizou a divulgação de seu nome em comunicados oficiais do Butantan sobre a nova vacina”, afirmou, em nota.

“No Brasil, o desenvolvedor da vacina é o Instituto Butantan. A vacina, portanto, é brasileira e dos brasileiros”, concluiu.

Texto de – https://revistaoeste.com/brasil/butantan-rebate-hospital-norte-americano-butanvac-e-brasileira/

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *