Gabigol, do Flamengo, explica flagrante

Gabigol, do Flamengo, explica flagrante

Atacante afirma, “Errei”

Detido pela polícia em um cassino clandestino, na Vila Olímpia, Zona Sul de São Paulo, na madrugada deste domingo, Gabigol deu sua versão sobre o episódio. Em entrevista ao Fantástico, o atacante do Flamengo contou que estava jantando com amigos e não imaginava que o local teria muita gente.

A Polícia Civil fechou o estabelecimento. Havia aglomeração no evento, com cerca de 300 pessoas. Gabigol foi conduzido a uma delegacia, assinou um Termo Circunstanciado e se comprometeu a participar de atos judiciais quando requisitado e a não aglomerar mais.

De acordo com os policiais, Gabriel foi flagrado escondido debaixo de uma mesa.

Na entrevista, no entanto, o atacante contou que a orientação dos agentes foi de que todos ficassem no chão.

Gabigol não será indiciado, mas o caso agora vai para o Ministério Público, que decide se abre um processo ou não.

O artigo 268 do código penal – Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa – prevê detenção de um mês a um ano, além de multa. O atacante, que está de férias, é aguardado pelo Flamengo nesta segunda-feira, na reapresentação do elenco principal.

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *