11 de maio de 2021

EM SUMA NOTICIAS

O resumo do dia do mundo para você.

Com a indefinição sobre as eliminatórias, Conmebol busca consenso interno

2 min read
Restrições sanitárias impostas pela Europa tornam difícil a liberação de jogadores.
Dirigentes sul-americanos vão ter reunião virtual nesta sexta antes de debate com entidade máxima do futebol.

Ficou para segunda-feira, dia 8 de março, a reunião entre a Conmebol e a Fifa que vai decidir se (e, em caso afirmativo, em que condições) serão disputadas as próximas duas rodadas das eliminatórias Sul- americanas para a Copa do Mundo de 2022. Os jogos estão previstos para a última semana do mês – o Brasil visitaria a Colômbia em Barranquilla e receberia a Argentina no Recife.

Antes disso, porém, nesta sexta-feira, os dez presidentes das associações nacionais de futebol que compõem a Conmebol também vão se encontrar – de maneira virtual, como tem sido. A intenção é chegar a um consenso sobre a posição do continente diante da situação.

O grande problema desta vez está nas restrições de viagens impostas pelos países da Europa, onde jogam a maioria dos craques sul-americanos. Com isso, os clubes estão liberados da obrigação de ceder os jogadores convocados para seleções nacionais. A Fifa tenta convencer os governos a criar exceções que permitam essas viagens, nos moldes do que aconteceu em outubro e novembro de 2020 – quando os jogos aconteceram com a presença de todos os atletas.

Diante desse cenário, algumas associações cogitaram a possibilidade de jogar as duas rodadas das Eliminatórias apenas com jogadores que atuam na América do Sul. Essa hipótese é fortemente rejeitada pelo Brasil, Uruguai e Paraguai.

A reunião desta sexta-feira tem o objetivo de aparar arestas dentro da confederação e unificar o discurso diante do que for oferecido pela Fifa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.